Páginas

28 de maio de 2011

私はあなたを愛して = Watashi wa anata o aishite


Eu já não sei o que estou sentindo no momento, tua indiferença me magoa, meu coração antes batia forte só de pensar em ti, hoje quase não escuto essas batidas que eu estava tão acostumada e ficava tão feliz de ouvi-las.
Antes você era mais direto e dizia quando algo o incomodava, hoje teu silêncio me tortura, quando pergunto o que aconteceu, apenas responde nada e desvia o olhar.
Enquanto sonhas, ou faz teus passatempos preferidos, minha voz chama pelo teu nome, e apenas sinto um frio, um vazio.
Será que me perdi no caminho do teu coração? E eu que achava que estava tão perto, já cansei de escalar esse muro, já tive tantas esperanças de ter chegado lá em cima, mas me engano toda vez que noto essa indiferença.
Me disse que não preciso me preocupar com tua lealdade, mas quando diz isso aí que meu corpo treme com um ligeiro receio, mas não chego duvidar de ti, apenas não confio muito em mim.
As pessoas na minha volta, aquelas que eu não devo me preocupar com o julgamento delas, são aquelas que entreguei um pouco da minha confiança, foram aquelas pessoas, que tentam me abrir os olhos dizendo que não é um bom cara. Agora vejo que algumas delas não mereciam meu afeto tanto quanto eu dei.
Mas te pergunto algo, cadê aquele cara que no início de tudo me abraçava forte, me fazia um carinho e que algumas vezes até me elogiava? Não que não faças isso agora mas perdeste um pouco da doçura daquele menino do ônibus da empresa que vinha me contanto várias histórias e cuidando de mim quando mau eu estava.
Já pensei que estava sendo traída, já me julguei burra demais para estar nesse relacionamento insano, mas quando das raras vezes um tijolinho daquele muro rompe e eu consigo enxergar o mesmo menino do ônibus, aquele que vi no meu primeiro dia de operação na minha frente na passarela, aquele que me olhou e sorriu com os olhos, que depois se tornou meu colega, e de vez em quando meu professor.
Antes fossem só palavras ao vento, mas na verdade meu coração é teu, e nesses 16 meses contigo, aprendi muita coisa e errei em ,muitas também, e tem outras que melhorei, e muitos pontos a melhorar.
Meu coração é teu, deixa eu entrar um pouco mais no teu mundo.
Não aguento te ver distante.
Amo-te
Obrigada por lerem
Beijãozão!

2 comentários :

Vanessa Gonzaga. disse...

Lindo o blog. *--* Ameii !

Candy Poison disse...

Gostei tanto desse texto , gostei do seu blog também. Dê uma passadinha no meu
http://thingsofcandy.blogspot.com/2011/05/acho-que-ja-esqueci-de-voce.html